Quer alcançar 9 dígitos de faturamento? Saiba como a PerfectLife conseguiu!

8 minutos para ler

Muitas das empresas mais bem-sucedidas do mundo surgiram a partir da identificação de um problema ainda não atendido pelas soluções disponíveis no mercado. O que, hoje, empreendedores e profissionais de marketing chamam de “dor” é, sem dúvida, um dos grandes catalisadores das operações de sucesso.

Foi exatamente o que aconteceu com a PerfectPay e a PerfectLife — a primeira, uma plataforma de pagamentos para afiliados; a segunda, uma marca de suplementos alimentares que alcançou sozinha um faturamento de 9 dígitos — e continuam repetindo o feito todos os dias.

Se você tem ou trabalha com produtos digitais e já observou que a vulnerabilidade dos sistemas de pagamento impede que tenha controle sobre seus resultados, é hora de conhecer a história da PerfectPay e da PerfectLife! Neste post, você vai conhecer um pouco mais sobre a história do grupo e entender quais gatilhos e decisões levaram ao sucesso.

Além disso, você também vai conhecer em detalhes a plataforma da PerfectPay, entendendo como a tecnologia de pagamentos facilitou os processos da PerfectLife — e como pode alavancar os seus, independentemente do tipo de produto que você anuncia e/ou vende.

O que é a PerfectLife e o que é a PerfectPay?

A PerfectLife, marca brasileira de suplementos alimentares, começou a operar em 2016. A criação da empresa, porém, foi o resultado — e não propriamente o início — de uma extensa jornada digital, marcada principalmente pela coragem e pela ousadia de Leonardo Zanette e Fernando Muniz, hoje fundadores da PerfectPay.

A PerfectPay, por sua vez, surgiu como um catalisador de negócios e lucros. Ao identificar gargalos operacionais na gestão de processos ligados à atividade de afiliados, Leonardo e Fernando começaram a sentir a necessidade de reunir seu know how de mercado em uma solução capaz de simplificar fluxos e escalar retornos, colocando literalmente mais dinheiro no bolso de seus produtores e afiliados.

Na prática, a PerfectPay é uma plataforma de pagamentos baseada na relação de ganha-ganha: tanto produtores quanto afiliados podem rentabilizar mais e melhor, dispondo de funcionalidades diferenciadas como recursos para área de membros, funis gratuitos de conversão de boletos abandonados e indicadores de performance.

Vale conhecer a trajetória de sucesso da PerfectLife e entender como a empresa pôde evoluir e expandir sua atuação, viabilizando, também, a criação da PerfectPay.

Como foi a trajetória dos empreendedores à frente da PerfectLife?

Tudo começou, na verdade, com o mercado de afiliados. Leonardo, que desde muito cedo estava envolvido na área, já havia acumulado experiência (e sucessos) como promotor de produtos na internet. Na época, a missão era aparentemente simples, mas muito desafiadora: acompanhar os resultados das maiores referências no Brasil — que, por sua vez, diziam ganhar R$ 8 mil, depois R$100 mil por mês como afiliados — e escalar o negócio até bater os resultados.

A estratégia foi ousada desde o princípio. Para chegar aos R$100 mil por mês de faturamento, por exemplo, Leonardo e Fernando, mesmo que ainda não fossem sócios, precisaram fazer esforços destemidos: os empréstimos com familiares e amigos foram a saída que encontraram para levantar recursos, a fim de maximizar a divulgação dos produtos que promoviam enquanto afiliados.

Enquanto Fernando gerenciava as vendas, Leonardo se responsabilizava pelo planejamento, otimização e pela estratégia. A sintonia deu certo, e os retornos cresceram exponencialmente. Nesse contexto, foi fácil perceber que poderiam ganhar ainda mais juntos. E foi exatamente o que fizeram. Nascia, então, uma parceria produtiva que os tornou gerentes de afiliados.

O “Corpo de 21”, famoso curso de emagrecimento, foi um dos maiores sucessos de Fernando. O “Guia do Concurso Público”, até hoje um dos produtos mais bem ranqueados do Hotmart, é, talvez, o carro-chefe da carreira digital de Leonardo. Nessa fase, o desafio não era apenas ganhar dinheiro, mas fazer com que outros afiliados também ganhassem. De fato, a dupla fez muitos promotores evoluírem no mercado e escalarem seus lucros com rapidez e consistência.

Como a PerfectLife começou?

A produção de algo próprio, passível de ser comercializado por um “exército” de afiliados, foi o próximo passo natural. Leonardo e Fernando perceberam que, para continuar em uma trajetória de crescimento, precisariam ter um produto que chamassem de seu. A primeira tentativa foi o Frases da Conquista, em parceria com a coach de relacionamento Thais Ortiz, que explodiu em vendas, alcançando a marca de mais 150 mil cópias vendidas.

Powered by Rock Convert

Em seguida, surgiu o Super Slim X (SSX), primeiro produto da PerfectLife e porta de entrada para uma linha completa de suplementos naturais. Novamente, a iniciativa acumulou recordes de vendas e motivou a expansão do negócio — sempre focando no modelo de afiliados para acelerar a divulgação e a comercialização dos itens.

Sobre isso, Leonardo é categórico ao explicar o êxito da PerfectLife desde o início: “Conseguimos construir porque éramos produtores e já tínhamos o conhecimento do trabalho de afiliado em nossa bagagem. Utilizamos toda essa estrutura, colocando muitos afiliados para ganhar dinheiro conosco”, afirma o empreendedor.

Quais foram as principais estratégias para alcançar os 9 dígitos de faturamento?

A gestão de qualquer empresa está baseada nos números. A partir deles, é possível identificar oportunidades e corrigir desvios, validando modelos que funcionam. Na PerfectLife, os números também falam por si: durante o ano de 2017, ainda amadurecendo a operação, a empresa bateu 6 dígitos de faturamento todos os dias do ano.

O famoso 6 em 7, proposto por Erico Rocha como modelo de sucesso no marketing digital, foi pouco para os resultados da marca: a PerfectLife fez 6 em 1 por mais de 365 dias consecutivos!

Leonardo, à frente dos processos e sempre a par dos indicadores, credita a prosperidade a três posturas principais:

  • competência;
  • coragem;
  • consistência.

Para o empreendedor, as 3 palavras sintetizam a diferença entre quem cresce e quem deixa de ganhar dinheiro no mercado de afiliados. É preciso reunir todas as qualidades — e mantê-las no centro das decisões do negócio — para escalar estratégias e lucros.

A competência, por exemplo, é a capacidade de aprender a fazer. Leonardo assegura que ser competente está diretamente ligado à habilidade de reunir skills que convertam, sempre aprimorando ferramentas e métodos.

A coragem, por sua vez, reside na firme crença de que os esforços trarão resultados. Aqui, Leonardo lembra de sua experiência pessoal: “Para investir no negócio, deixei de pagar algumas contas, como aluguel, luz, água e até a escola do meu filho, mas acreditei que poderia dar certo e escalei os anúncios com tudo que podia. E a estratégia deu certo.”

A consistência, por fim, está ligada ao planejamento e gestão de recursos, de trabalhar com inteligência e de saber qual é a melhor forma de administrar os recursos — tanto os que entram quanto os que saem. Leonardo afirma que somente conseguiram construir a PerfectPay por quem levaram a sério principalmente a gestão de recursos, mantendo os lucros na empresa e não gastando com carros ou outras coisas supérfluas que não fossem levar o negócio para cima.

O que caracteriza o sucesso de um conjunto de ações?

Os atributos, competência, coragem e consistência, quando juntos, são poderosos aliados na escalada dos negócios digitais e potencializam o fator multiplicador: com três diretrizes de gestão, é possível atingir nove dígitos de faturamento. Para Leonardo, esse foi o segredo do desenvolvimento consistente da PerfectLife, que galgou os degraus digitais de forma efetiva, sustentável e escalável.

Para além das características administrativas, porém, o empreendedor destaca as funções estratégicas da empresa: a grande dica é olhar com cautela para os processos e enxergar como otimizá-los. Leonardo resume bem o pensamento ao dizer que “logicamente, é válido diminuir o custo das operações internas e observar onde realmente estão os gargalos; mas é ainda mais essencial nunca focar no faturamento da empresa, e sim no lucro.”

Essa reflexão impede que você visualize apenas números altos e ignore os custos envolvidos em obtê-los. Muitas vezes, a aquisição de tráfego em uma plataforma tem ROI de 10%, enquanto em outra chega a 100%. Ao otimizar os recursos, o empreendedor é capaz de estruturar melhor suas bases e, assim, também catapultar seus ganhos. Foi o que fez a PerfectLife atingir, enfim, os sonhados 9 dígitos — e manter as margens seguras e lucrativas.

E todo esse conhecimento obtido “no campo de batalha”, como afirma Leonardo, foi e está sendo acoplado na PerfectPay, para que outras empresas venham e conquistem metas inimagináveis para muitos, assim como eram para Leonardo e Fernando quando começaram no Marketing Digital.

A PerfectLife e a PerfectPay são excelentes exemplos de sucesso no ramo de produtos digitais e afiliados. Que tal entender em detalhes como as funcionalidades da nossa solução de pagamentos pode alavancar os seus rendimentos? Entre em contato conosco agora mesmo! 😉

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário